Drama e Choro aos 7 anos

Choro sentido e um pouco de drama e exagero, temos aos 7 ANOS !

” hoje é o pior dia da minha vida”
“Esse lugar é o pior do mundo ”
“Queria não existir “

Ouvindo as frases e vendo uma criança aos prantos, pensamos que alguma coisa muito ruim aconteceu … tantas falas agressivas, misturadas a choro e muita raiva.

O que aconteceu ?
O slime ( “o melhor slime que eu já fiz até hoje” ) caiu no chão do play e sujou e estragou.

Pois é, aos 7 anos as expressões podem ser fortes e exageradas.
A criança está entendendo a realidade mas ainda tem um pouco do sentimento de que as coisas giram ao seu redor.

Podem se render a reclamações, sobre os pais ou regras ou lugares, mas também os amigos e outras crianças e situações que não acontecem exatamente como querem. Sentimentos de incompreensão compõem a cena.

Muitas vezes já conseguem expressar com palavras como se sentem e podem sentir-se frustrados e com muuuuita raiva quando estão chateados.

E a mãe faz o que na hora ?
As vezes dá vontade de sentar e chorar junto rsrs. 🙄 Preocupamos com os outros, o choro, o escândalo, o que os vizinhos vão pensar, vai incomodar… 😯 abstrai…

Bom, quando conseguimos nos controlar e lembrar que somos o adulto da situação e já passamos por isso, pode ficar mais fácil. Pensar o que representa o desencadeador da “crise” …
Ela fez o slime, estava brincando e ele caiu no chão e sujou e estragou e ainda tinha que recolher a meleca do chão para jogar no lixo…
Quando fazemos um bolo e este estraga ou uma receita que não dá certo ou qualquer outra coisa que dedicamos tempo e empenho e temos que jogar fora, qual o sentimento ? Raiva 😡

Pois bem, esse é o ponto.
Escutar e Validar o sentimento !

Escutei seu choro e pedi que me dissesse o que houve porque eu estava de costas e não vi como aconteceu.
Entendi filha, dá muita raiva mesmo quando fazemos alguma coisa e a perdemos…
“Ah sei, você entendeu, mas não foi o seu que caiu no chão 😤😠😡
Bom, vou esperar você se acalmar um pouco e então falamos… que tal andar na bike para gastar essa energia de raiva ?
Ela foi e andou e parou no meio do play e deitou no chão com a bike ao lado…
Esperei um pouco, quiz tirar uma foto, tava lindo ela ali no chão, tão expressivo !
“Não quero foto!”… ok… tirei uma e olha como ficou legal …
Sentei ao lado e só comecei a lhe fazer carinho, no rosto suado, nos braços… A respiração já foi melhorando, acalmando mas ainda restava raiva…
Nossa! Esse chão tá quente demais, tá queimando meu bumbum 😊
Ela não aguentou e sorriu.
Venha cá, sente aqui no meu colo. Ela me abraçou forte e eu disse, ok, ok filha, que abraço gostoso! Te entendo filha, dá muita raiva mesmo mas acontece né… Não conseguimos controlar tudo e nem sempre as coisas saem como queremos e o que podemos fazer ?
“Ah vamos comprar mais espuma de barbear e vamos fazer outro slime”
Olha filha, hoje não vamos comprar não, mas outro dia podemos. Compramos esse ontem e não é assim né.

Escutar e validar o que eles estão sentindo nao é o mesmo que resolver os problemas deles e atender a todos seus desejos !

Fizemos gracinha, se acalmou e então pudemos levantar e partir pra outra.
Ainda jogamos dama e mais um pouco de bike.
Pronto, voltemos pra casa que tá na hora.
No elevador: é mãe, hoje foi um dia bom sim, brincamos, andei de bike, foi ruim perder o slime, mas depois faço outro né.
Sim filha, foi um dia bom!

E se eu tivesse me deixado levar pelas falas agressivas ?
E se eu tivesse brigado e mandado calar a boca ou parar o choro?

Não seja atraído pelos dramas. Não pense imediatamente que as coisas estão perdidas só porque eles estão dizendo que está. Foque na positividade.
Entenda o que aconteceu com sentimento.
Nem sempre é fácil, mas a gente segue um dia de cada vez.

👍 se achar que essas crises estão intensas e não se resolvem, vale buscar um psicólogo para avaliar.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *